Bibs

Nome: Beatriz Sanchez (Bia, Beea, Bibs).
Idade: 18 anos Signo: Leão Aniversário: 16/08


Aonde encontrar?
 Orkut - Twitter - Facebook - Tumblr - Flickr - LookBook


Sou chata, extremamente bagunceira, nunca calo a boca e não paro quieta em casa. Sou a pessoa mais fácil de você fazer rir, e também de se fazer chorar. Bem espontânea, fechamento, valorizo demais minhas amizades, adoro dar presentes sem motivo. Fã número um do "faça você mesmo" e do camelô. Gosto do silencio, de ficar sozinha com meus próprios pensamentos, viajar sem nem sair do lugar. Nunca me apaixonei, e nem faço questão. Vejo a moda como uma arte, a arte de se expressar através das roupas e odeio o jeito como os outros a vêem como uma coisa fútil. Aproveito os pequenos momentos da vida. Acho que rir, cantar desafinado, dançar que nem maluca, gritar e passar o tempo com suas melhores amigas são os melhores remédios pra qualquer problema. Tenho medo de palhaços, de ser substituída e de não conseguir realizar meus sonhos.


Gosto de ver fotos que trazem boas lembranças, músicas calminhas, beijos de filmes antigos, barulho da máquina de costura e cheiro de livro velho. Adotaria todos os animais que encontro na rua. Já quis me casar com um sapato. Estou sempre me surpreendendo. Nunca consegui terminar nada, sempre deixo pela metade. Odeio pela sacos, pessoas forçadas e principalmente quem faz coisas só pra ser aceito. Tenho uma grande vontade de explodir as coisas com o poder da mente, principalmente as pessoas. Queria saber falar várias línguas diferentes. Mudo muito de idéia. Adoro conversas inteligentes. Mudaria milhares de coisas no mundo. Adoro reuniões de familias. Não vivo sem subway, macarrão, pizza, batata-frita, cupcakes, alcaçuz e coca cola. Tenho mania de tirar foto das pessoas enquanto elas falam ou riem, as fotos ficam mais bonitas. Odeio infantilidade, apesar de ser infantil as vezes. Vivo sonhando coisas impossíveis. Não sei segurar o riso. Tenho ciúme de coisas bobas e uma incrível facilidade em demonstrar meus sentimentos. Sinto falta de poder brincar de barbie e de lego. Viciada em desenhos animados. Queria fazer um anjo de neve, pular de para-quedas e andar de camelo. Adoro o sol, o vento, o mar, a grama... Tudo que compõe um dia perfeito. Acho que todos os dias são perfeitos. Já quis ser veterinária, chef de cozinha, bailarina, jornalista, fotografa e fugir pro circo.




Adoro pisca-pisca, é a minha parte preferida do natal. Queria morar no interior, numa casinha bonitinha que nem nos filmes. Gosto de coisas coloridas, de cores. Mas minha cor preferida é cinza, irônico não? Sonho em ver a aurora boreal, acho a coisa mais fascinante do mundo. Olho pela janela procurando um lugar novo, que eu nunca tenha reparado (apesar de ser sempre a mesma vista). Adoro palavras. Quero conhecer o mundo, principalmente aqueles lugares que ninguém conhece. Gosto de cabelos ruivos cacheados e bagunçados. Me canso das coisas muito facilmente, principalmente das pessoas. Passaria o dia inteiro tirando fotos de tudo o que eu vejo. Me importo com o meio ambiente, queria que todo mundo fosse vegetariano e reciclasse mais! E detesto demais quando me enchem o saco por eu ser vegetariana. Choro em todos os filmes que eu vejo, quando eu digo todos, são todos mesmo! Gosto de música brega, daquelas que todo mundo critica a mãe por ouvir. Adoro a arquitetura parisiense. Me emociono muito fácil. Mudo sempre o jeito do meu cabelo. Uso band-aid de criança, roubo samba-canção do meu irmão e todos os sapatos da minha mãe. Queria viver uma aventura, ter um amor de cinema e um closet gigante. Queria explorar o universo. Amo costurar, e a satisfação que dá quando alguém elogia uma peça que você fez. Amo ainda mais saber que sou a única que tenho essa peça. Queria nunca precisar dormir, ficar acordada sempre e aproveitar tudo que posso.



Tenho muitas listas de coisas para fazer antes de morrer. Detesto esperar, gosto de resultados imediatos. Acho que criatividade não é pra qualquer um, e definitivamente não se aprende. Ignoro comentários maldosos e irrelevantes. Não ligo pro que os outros falam. Gosto do espontâneo, sou extremamente impulsiva, detesto monotonia e rotina. Odeio drama, mas vivo fazendo um. Não entendo a metade dos seres humanos, e como diria Brigitte Bardot  "Detesto uma grande parte da espécie humana"As vezes acho que sou de outro mundo e insisto em dizer que nasci no pais errado. Sinto falta de coisas que nunca vivi, lugares que nunca estive e amores que nunca tive. Adoraria entender física quantica. Acho que tenho DDA, síndrome do Peter Pan e tenho um sério problema com a realidade.














Você também pode gostar:

Related Posts with Thumbnails